Curta nossa página no facebook e receba atualizações e notícias relevantes.

 

 

Militares solicitam ao SENADO discussão sobre auxílio moradia.

  Os militares das Forças armadas, sem reajuste salarial há vários anos, tem de várias formas tentado chamar a atenção de senadores e deputados federais para as dificuldades financeiras que a categoria vem sofrendo.

 

ASSINE, Acabamos de passar de 10.000

04/12 - 17:00 hs

  Cabos e sargentos que residem nos arredores das grandes cidades são os que mais sofrem, se moram longe para conseguir um aluguel mais barato sofrem acordando muito cedo e arcando com os altos custos do transporte, se resolvem alugar um imóvel mais perto do quartel pagam tarifas altíssimas.  Nos arredores do Rio de janeiro, na cidade de São Gonçalo, por exemplo, um imóvel de baixo padrão com dois quartos é alugado por cerca de 600,00 reais em média. Esse valor já devora por volta de um terço do salário de um terceiro sargento.

  Ainda que saibam que as iniciativas legislativas que alterem sua remuneração tenham que partir do poder executivo os militares esperam que os senadores, principalmente os que compõem a comissão de defesa, questionem o governo federal acerca desse assunto. A última tentativa é um abaixo assinado virtual no site do senado, onde mais de 5.000 militares já manifestaram seu apoio a uma proposta de revisão na gratificação de auxílio moradia.

  Para que a proposta seja encaminhada para discussão são necessários no mínimo 10.000 assinaturas.

  Os militares das forças armadas já conseguiram enviar três propostas sobre a questão salarial, a primeira delas com mais de trezentas e cinqüenta mil assinaturas bate de longe todas as outras que constam no portal e-cidadania do Senado.

  A proposta pode ser assinada clicando aqui.

http://sociedademilitar.com.br

 

 

Online - AGORA.

Conversor de Moedas fornecido por Investing.com Brasil.

 

 

Últimos comentários.

eXTReMe Tracker
Google+